Leonardo Miranda

Leonardo Miranda

@leoffmiranda

Followers 30825
Following 787

Analista de futebol no @globoesportecom e no @sportv. Em breve, o livro "A História Tática do Futebol Brasileiro". Contato: leonardo.miranda@globoesporte.com

Joined on August 09 2010
2019-09-17 11:56:53

Vem de GUIA DA CHAMPIONS e solte sua corneta!

6
94
2019-09-16 20:27:30

Quem vai levar a melhor: Bruno Guimarães ou Edenílson? A análise do duelo entre os meias, com valiosas contribuições de @leoffmiranda e @carlosemansur

4
9

Galera, hoje começa mais cedo, às 9h30. Mandem suas perguntas com a hashtag #redacaosportv

Quoted@leoffmiranda

Pessoal, amanhã estarei na bancada do Redação @SporTV, a partir das 09h45h. Mandem suas perguntas e sugestões com a hashtag #redacaosportv para o Barreto debater com a gente!

4
132

Pessoal, amanhã estarei na bancada do Redação @SporTV, a partir das 09h45h. Mandem suas perguntas e sugestões com a hashtag #redacaosportv para o Barreto debater com a gente!

4
132

Guardiola diz que tática não é esquema ou 4-4-2. Tática é interpretar o jogo. É saber o que fazer, onde fazer e quando fazer. Tática e talento e são coisas indissociáveis, e o golaço de Gabigol é só mais um exemplo disso. Análise no @globoesportecom

46
404

Flamengo e Santos foi bom jogo. As duas equipes tiveram bons desempenhos, em especialmente na fase defensiva. O placar foi gerado a partir de um erro defensivo do Santos e o talento de Gabigol no lance. É detalhe, e são eles que decidem resultados e, muitas vezes, campeonatos.

52
545

No campo, ideias de jogo bem diferentes. Fora, posturas distintas. Então o que une Sampaoli e Jorge Jesus? Simples: os dois têm Johan Cruyff como mentor. No @globoesportecom, uma pesquisa sobre a influência das ideias do holandês em Flamengo x Santos

41
272

O Athletico mostrou uma ideia muito comum nos grandes times da Europa: o "ataque da última linha". Entenda como o conceito foi aplicado no jogo e como ele sintetiza o momento tático do futebol atual no @globoesportecom

61
435

Gol do Athletico saiu justamente da parede do Rúben e de movimentos rápidos na última linha de marcação. Jogou rápido, como Thiago Nunes pediu. E que jogador é De Bruyne Guimarães!

9
256

O 1º tempo de Athletico e Inter foi um grande ataque contra defesa. Por isso mesmo é um exemplo de um jogo com conceitos ricos para times que querem atacar, como os mandantes, ou que prefere jogar de forma reativa, fechando a casinha como o Inter. Segue o fio 👇

5
89

Terrível a defesa do Fluminense ontem. Linha quebrada o tempo todo, Airton afundando entre os zagueiros e abrindo espaços e pouquíssima agressividade. Lance do gol: infiltração de Diogo Barbosa quebra a linha de quatro e Ganso, que estava no setor, para e desiste de acompanhar.

Terrível a defesa do Fluminense ontem. Linha quebrada o tempo todo, Airton afundando entre os zagueiros e abrindo espaços e pouquíssima agressividade.

Lance do gol: infiltração de Diogo Barbosa quebra a linha de quatro e Ganso, que estava no setor, para e desiste de acompanhar. https://t.co/8Bm1XicV25
14
161

Como Internacional e Athletico chegam à final da Copa do Brasil? Uma análise com números, gráficos, mapas de ações e exemplos de jogadas para explicar os pontos fortes e fracos dos finalistas no @globoesportecom

5
38

Que bagunça o Fluminense. Espaçado e sem intensidade na defesa, dá muitos espaços ao Palmeiras e tem erros primários de comportamentos defensivos, como o de Gilberto no gol. Com a bola tem até ideia e intenção de trabalhar, mas é pouco agressivo. Sem objetividade alguma.

12
202

Gol construído da defesa ao ataque, com quatro toques e bela infiltração de Diogo Barbosa no espaço deixado na linha defensiva do Fluminense. O Palmeiras de Mano Menezes já mostra um modelo mais propositivo e paciente nesse início de trabalho.

1
90

“Eu demorei a entender que eu tenho que dar a bola pra ele. Porque se a bola ficar no meu pé eu não vou fazer nada, mas se eu der nele tudo pode acontecer". A humildade do Filipe Luís é algo impressionante. QI muito acima da média num meio não acostumado com esse senso crítico.

131
1464

O Real Madrid não ganharia só a Série B, mas também a A, a Copa do Brasil, a Libertadores... Viu ou ouviu algum absurdo? Simples: não compartilhe. Não espalhe nos grupos de WhatsApp. Não fale sobre. Precisamos entender que você escolhe a qualidade da mídia que quer consumir.

2108
10491

Equipes ofensivas e que propõem o jogo precisam de mais do que organização ou boas intenções. Precisam de muita confiança. No @globoesportecom, explico, com a ajuda da filosofia, o que é confiança e como ela afeta o modelo de Rogério Ceni no @Cruzeiro:

8
109

O Cruzeiro praticamente triplicou sua dívida de 2015 a 2018, acumula dois meses de salário atrasado e chega hoje ao fundo do poço: não tem dinheiro em caixa e não tem receitas previstas para 2019. Fica a pergunta: por que raios Rogério Ceni foi aceitar isso?

436
3575

A pergunta definidora no Brasil é sempre a mesma: você está disposto a passar por esse caminho? Se sim, tem que ter menos chilique nas redes sociais e mais calma, entendimento e apoio. Não parece, mas quem torce tem um poder imenso e pouco exercido de fazer bem ao próprio clube.

Quoted@raphaelrezende

A escolha do Cruzeiro pelo Ceni não casa com a necessidade de atingir resultados a curto prazo, sendo que isso é importante pela situação da equipe no Brasileiro. Até acho que vai ser suficiente para se salvar, mas o caminho para a regularidade com as novas ideias é longo.

52
945

"O São Paulo não é um time pronto, muita gente não vai entender. Com as boas peças que chegaram, se perde o padrão, porque você tem que adaptar, mudam as características, o modelo de jogo". Em nenhum momento Cuca disse que Dani e Juanfran tiram padrão ou que ele não pediu.

29
234

Como Rogério Ceni quer um time propositivo, que jogue lá na frente, o Cruzeiro avança seus jogadores e vai tentar algo lá na frente. O resultado prático é um desastre defensivo. Qualquer erro de passe gera contra-ataque do Grêmio, que já fez dois gols e controla o jogo.

3
83

A ideia de ter Robinho sempre na base da jogada oferece alguns prós e contras ao Cruzeiro. Como pró, o time ganha qualidade em inversões e passes verticais para os atacantes. Como contra, a equipe fica mais lenta, sempre passando para trás e procurando o jogador para criar.

0
45

Filipe Luís e Rafinha jogam muito. Mari deu a segurança defensiva que faltava. Mas o reforço mais importante do Flamengo é Gérson. A versatilidade e intensidade no meio revolucionou o Flamengo com Jorge Jesus. É quem inicia, cria e finaliza as jogadas ofensivas do time.

218
1361

Contra a Colômbia, o Brasil de Tite teve momentos de estabilidade contra um duro adversário. Mas faltou agredir mais. Ter aquela jogada aguda. E a explicação está no conceito tático da "profundidade". Entenda na análise no @globoesportecom

6
31

Assim que Coutinho recua para organizar, há quatro opções de passe à sua frente, rente à linha defensiva da Colômbia. É a tal da profundidade! Tite corrigiu o time deixando os laterais mais próximos da linha de fundo. Brasil agora controla.

10
78
2019-09-07 00:35:54

Antagônicos de fato é um exagero. Mas Mano Menezes e Scolari pensam e executam futebol de maneiras distintas. E até na forma de marcar. Análise de hoje explica bem isso. Assistam:

73
460

O grande problema da seleção hoje é a falta de profundidade. O que isso significa? Tem pouca gente para receber a bola quando o meio aproxima e joga. Só Richarlison dá essa opção, que a gente chama de jogada aguda. Questão de ajuste de posicionamento.

10
151

Carlos Queiroz é um treinador que merece muito mais atenção do que tem. Que organizada essa Colômbia. Rápida, vertical e inteligente nos momentos que tem a bola. O movimento da linha de frente e a forma como saiu da pressão no segundo gol é de time que sabe o que faz.

10
169

O Brasil joga curto pela esquerda, triangulando com Neymar. Veja como a Colômbia vira o corpo pra marcar essa ação. E o Firmino? Ele se desloca nas costas de todo mundo. Numa zona morta, que ninguém tá cobrindo. Se recebe ali, tem espaço pra desequilibrar. É muita inteligência.

O Brasil joga curto pela esquerda, triangulando com Neymar. Veja como a Colômbia vira o corpo pra marcar essa ação.

E o Firmino? Ele se desloca nas costas de todo mundo. Numa zona morta, que ninguém tá cobrindo.

Se recebe ali, tem espaço pra desequilibrar. É muita inteligência. https://t.co/RFshJYwQi9

Firmino é inteligente demais, né? Tá sempre na zona morta do jogo. De costas pro volante e longe dos zagueiros. Um setor perigoso, porque se recebe o passe no pé ou no espaço, desorganiza toda a defesa da Colômbia. Acima da média.

Firmino é inteligente demais, né?

Tá sempre na zona morta do jogo. De costas pro volante e longe dos zagueiros. Um setor perigoso, porque se recebe o passe no pé ou no espaço, desorganiza toda a defesa da Colômbia. Acima da média. https://t.co/mLYnT4I7Fu
27
349